anabolizantes.

Gravatai, Rio Grande do Sul, Brazil
Blog composto por: Fabrício,Gregory Roxo, Iuri Santos, Manuela Fröhlich, Matheus Telito, Natalia Rangel, Rebeca Mayara, Tainara Romero.

5 de maio de 2011

Efeitos colaterais possivelmente não desejados!

Muitos andrógenos são capazes de serem metabolizados em compostos que podem interagir com outros receptores de hormônios esteróides como os receptores de estrógeno, progesterona e glicocorticóides, produzindo (geralmente) efeitos adicionais não desejados:

Possível pressão sanguínea elevada
Níveis de colesterol –Alguns esteróides podem causar um aumento nos níveis de LDL e diminuição nos de HDL. Isso pode aumentar o risco de ocorrer uma doença cardiovascular ou doença da artéria coronária em homens com alto risto de colesterol ruim.
Acne– Devido à estimulação das glândulas sebáceas
Conversão para DHT (Dihidrotestosterona). Isso pode acelerar ou causar calvície precoce e câncer de próstata.
Alteração da morfologia do ventrículo esquerdo – os AAS podem induzir a um alargamento e engrossamento desfavorável do ventrículo esquerdo, que perde suas propriedades de diástole quando sua massa cresce. Entretanto a relação negativa entre a morfologia do ventrículo esquerdo e o déficit das funções cardíacas têm sido discutida.
Hepatoxicidade – Causado particularmente por componentes de esteróides anabólicos orais que são alfa-alquilados para que não sejam destruídos pelo sistema digestivo.
Crescimento excessivo da gengiva




Postagem feita por: Gregory Roxo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário